Sexta-feira, 21/09
ºC
ºC
Fale com a ACIAF 49 3246.3576
Notícias
Você está em: Página inicial > Notícias > 6 dicas para manter o clima de engajamento na empresa
Voltar

6 dicas para manter o clima de engajamento na empresa

11/07/2018

A Right Management realizou uma pesquisa e chegou a conclusão de que os profissionais motivados são 50% mais produtivos. A pesquisa ouviu 30 mil pessoas de 15 países, sendo 10 mil delas brasileiras. Afinal, um funcionário satisfeito produz mais e, consequentemente, gera mais resultados para a empresa. Inseridas na era da transformação digital e inspiradas pelos métodos de sucesso de empresas de tecnologia, empresas em geral estão incorporando práticas inovadoras dentro das políticas corporativas.

Apesar do nível de engajamento dos brasileiros nas organizações ainda ser considerado baixo, o país é o terceiro no ranking – com 16% – no número de profissionais que se consideram totalmente engajados no seu trabalho. Em segundo lugar vem a Índia, com 17%, e em primeiro estão empatados Estados Unidos e a China, com 19%. A pesquisa foi conduzida pela The Marcus Buckingham Company.

“Colaboradores quando são bem tratados e valorizados, ao se sentirem inspirados e com perspectivas, realizam o trabalho com empenho, buscando resultados para a empresa”, explica Juliana Bittencourt, gestora de Recursos Humanos da Ahgora Sistemas, empresa que desenvolve tecnologias para Gestão de Pessoas. E para manter o clima de engajamento, Juliana elencou seis dicas que considera essenciais. Confira a seguir.

1 – Ter um propósito bem claro

Qual a razão de existir da sua empresa? Será que todos os funcionários saberiam responder? Qual o contexto da sua empresa na sociedade? Respostas a perguntas como essas devem ser bem claras, além de ser amplamente difundidas dentro do ambiente de trabalho. Quando existe um propósito claro, o colaborador trabalha com foco mais direcionado, se torna mais produtivo e presta um atendimento ainda melhor aos clientes.

2 – Bom relacionamento

Problemas de relacionamento com a liderança é um dos principais motivos de pedidos de demissões. Perder talentos por essa razão com certeza não é o que as empresas querem. Os colaboradores, de forma geral, precisam de inspiração e ter gestores que sejam exemplos de conduta e que tenham um ótimo relacionamento com a equipe a ponto de motivá-la a produzir mais.

3 – Valorização e feedback

Reconhecer o funcionário pelo seu desempenho faz com que os colaboradores se sintam mais motivados e engajados. É fundamental que tenham claro qual é a real missão dentro da empresa e a importância que a atividade que exercem tem para a organização.

Elogie sempre que alguma tarefa for bem executada e estabeleça um sistema de feedback periódico para que realmente funcione. A ferramenta é importante no processo de relacionamento entre líder e liderado e extremamente importante para que o desenvolvimento do profissional esteja alinhado aos propósitos da empresa.

4 – Plano de cargos e salários e incentivos

A atual geração de profissionais está mais preocupada com a satisfação profissional, tanto que muitos afirmam que o dinheiro vem em segundo lugar. Apesar disso, o salário ainda pesa muito, sim, no conjunto de fatores que deixam o colaborador motivado.

Por isso, ter um plano de cargos e salários bem definido com bom retorno financeiro é importante. Além disso, oferecer incentivos em dinheiro como forma de reconhecimento pelo desempenho ou por atingimento das metas se mostrou um eficiente recurso de motivação.

5 – Humanização e flexibilidade

Entender que o funcionário tem uma vida com os inúmeros desafios fora da empresa é o primeiro passo para uma relação humanizada entre empresa e funcionário. Procurar entender isso e ter uma política de flexibilidade, inclusive com horários, é um fator que mostra a preocupação da empresa com a vida do funcionário e isso ajuda a estabelecer uma relação de confiança e de comprometimento por parte do colaborador.

6 – Defina metas e proponha desafios

Para aumentar a produtividade e ter bons resultados, estabelecer metas para os colaboradores é essencial. Isso porque ajuda a orientar o caminho que deve ser seguido e garante que os resultados estão voltados aos objetivos da empresa. É importante que as metas sejam estabelecidas junto com a equipe e que os números sejam algo realizável para que não se crie um motivo de estresse e insatisfação.

Em tempos em que tudo acontece de forma extremamente acelerada, o mercado se tornou mais competitivo e está mais exigente. O fator humano tem se mostrado um grande diferencial para empresas. Por isso, cada vez é necessário investir no capital humano e em estratégias para captar e reter os melhores talentos, mantendo-os motivados.

Fonte: www.itforum365.com.br